EX PREFEITO DR. SEBASTIÃO DE BRITO

0

O primeiro prefeito de Presidente Olegário foi o Dr. Sebastião de Brito, advogado, patense residente em Belo Horizonte. Foi nomeado pelo Governador Benedito Valadares, com a finalidade de instalar o Município e organizá-lo. Nasceu em Patos de Minas em 18 de novembro de 1911, tendo como pais José Jacó e Maria Luiza de Jesus. Em sua terra natal realizou os primeiros estudos, iniciando-os no Grupo Escolar “Marcolino de Barros”, formou-se em Belo Horizonte, na Escola de Direito, em 1938.

Iniciou a sua vida de trabalho como chefe do almoxarifado na Concessionária Chevrolet, de José Rangel, em Patos de Minas. Em 1932 transfere residência para a Capital do Estado. Em 1939, já noivo, atendendo solicitação do Governador Benedito Valadares, é nomeado Prefeito do recém-criado Município de Presidente Olegário.

Neste mesmo ano, vai a Belo Horizonte, onde se casa com Isaura Marques. A sua administração marcou-se pelo rigor e intransigência. Iniciou-se a construção de sede da Prefeitura, construiu o Matadouro Municipal e instalou um motor a gasogênio detrás do Grupo Escolar (onde hoje se localiza a Prefeitura Municipal) para fornecer luz e energia à população, até à meia noite.

Era chefe e zelador o seu irmão José de Brito, mecânico categorizado em Patos de Minas, que para lá se transferira com a família, a fim de colaborar com o irmão. Em 14 de julho de 1945 funda em Patos de Minas O Banco de Crédito Mútuo de Minas Gerais, que teve curta existência. Em Belo Horizonte fixou residência, ao se exonerar da Prefeitura Municipal de Presidente Olegário.

No entanto continuou militando na política e foi eleito Vice-Prefeito, com expressiva votação, na chapa de Américo René Gianetti, com o falecimento do titular é empossado Prefeito de Belo Horizonte, encerrando o mandato que seria de seu antecessor. Faleceu em Belo Horizonte, em 1972, deixando viúva a sra. Isaura Marques de Brito e os filhos Antônio de Pádua e Lucas.

Durante seu governo recebeu a visita do Bispo de Uberaba, D. Alexandre, acompanhado do vigário de Patos de Minas, Mons. Manuel Fleury Curado.

LIVRO – PRESIDENTE OLEGÁRIO – TERRA DA ESPERANÇA
OLIVEIRA MELO

Deixe seu comentário abaixo